terça-feira, 17 de maio de 2016

Beleza é temporária

Beleza não dura muito. Dura o suficiente. Em uma troca de olhares, uma barba mal feita, um andar desmazelado, um cabelo bagunçado, um sorriso leve. 

Ninguém é bonito por antecedência, a aparência é rapidamente descoberta e escancarada. A beleza é manchada na ortografia errada e na má educação. A beleza é descartada na grosseria desnecessária e na petulância desrespeitada. É destruída pela ignorância e por um vocabulário chulo. 

Beleza é delicadeza, é essência. Não se constrói uma beleza, nasce com ela. Ser bonito é ser sútil e não invadir um espaço que não lhe foi permitido. É ser gentil e mostrar que é diferente, em meio ao cenário dos que não são. É saber lutar pelo que se quer e saber enxergar as oportunidades que a vida se encarrega de lhe presentear, é ser humilde. É respeitar as vontades mais estranhas. É ser inteligente o suficiente pra saber o que falar, quando falar. Quando ir embora e quando ficar. Quando avançar o sinal e quando recuar. Mulheres deixam sinais, observe. 

A beleza encanta, mas não engana.

Ser bonito é elogiar sem esperar que seja recíproco, que seja pela sutileza em querer falar. É ser atencioso por querer ser atencioso, não por querer acabar num motel. É ter generosidade estampada na personalidade. Ser bonito é tratar bem, pela simples cordialidade de querer tratar bem.  É titubear por estar envergonhado em falar o que sente. É entrelaçar as mãos no escuro do cinema. É saber falar olhando nos olhos. É saber ouvir retribuindo a atenção dela.

Mulheres de verdade não fazem questão de dinheiro, de carro, de status, de flores. A questão é amadurecimento. Garotos pensam que ter é melhor que ser. Bens materiais não chegam nem aos pés de um homem maduro com verdadeiros ideais. A beleza é um convite, que pode ser aceito ou não. A arte da atração é garantido pelo flerte, pela vontade de demonstrar afeição. 

Tratar uma mulher com empatia e leveza é uma arte. Alguns escolhem esse caminho, outros preferem passar a vida tentando. Escolhas. 

A beleza passa, o caráter fica. 

Ana da Mata